Alimento orgânico: bom para saúde e meio ambiente

Alimento Orgânico: bom para saúde e meio ambiente

Em algum momento da sua vida, você já deve ter ouvido a expressão “alimento orgânico”, né? A busca por uma alimentação mais saudável e menos prejudicial ao meio ambiente cresceu muito nos últimos anos. Siga a leitura no Blog PFzinho e entenda os benefícios que o alimento orgânico traz.

Mas afinal, o que são alimentos orgânicos? São produtos mais saudáveis que os convencionais? Naturais? Vegetarianos? Tire todas as suas dúvidas sobre essa tendência do mercado alimentício mundial que está cada vez mais em alta.

O que são alimentos orgânicos?

O alimento orgânico é cultivado de maneira sustentável mediante a agricultura biológica (ou orgânica). Produzido com um sistema que prioriza a sua saúde e o bem do meio ambiente. 

Assim, em sua produção, o alimento orgânico não utiliza: 

  • agrotóxicos;
  • adubos químicos;
  • aditivos sintéticos;
  • antibióticos;
  • hormônios;
  • nem técnicas de engenharia alimentar.

Essas técnicas de engenharia alimentar são desenvolvidas nos alimentos geneticamente modificados, também conhecidos como alimentos transgênicos. Resumidamente, o alimento orgânico é aquele que está isento de produtos químicos.

Agora que você já sabe o que é um alimento orgânico, é hora de saber mais sobre o tema!
Agora que você já sabe o que é um alimento orgânico, é hora de saber mais sobre o tema!

Orgânico, Vegano e Vegetariano

Os hábitos de saúde estão em constante evolução. Hoje já existem alimentos orgânicos, veganos e mais. Todos têm como objetivo estilos de vida únicos e mais saudáveis. 

A crescente busca e preocupação com o nosso bem-estar acabou popularizando esses alimentos. Com uma proposta de vida mais saudável, eles trazem refeições sem agrotóxicos e produtos químicos à sua mesa. Porém, você sabe o que os diferencia dos alimentos considerados comuns?

Apesar de serem classificações de produtos completamente diferentes, ainda é muito comum encontrar quem confunda um alimento orgânico com um vegano ou vegetariano:

Produtos orgânicos seguem uma rotina de produção 100% sustentável. Portanto, eles podem ser:

  • vegetais;
  • carnes;
  • lácteos;
  • cereais;

Ou qualquer outro tipo de alimento, incluindo veganos e vegetarianos.

Produtos vegetarianos são aqueles em que não é utilizada carne em sua produção.

Enquanto isso, os produtos veganos são aqueles que não usam alimentos de origem animal em seu processo. É importante ressaltar que não estamos falando apenas de carne, mas de ovos, leite e derivados também.

Entendeu as diferenças entre alimento orgânico, vegetariano e vegano?
Entendeu as diferenças entre alimento orgânico, vegetariano e vegano?

Um fato curioso é que existem produtos vegetarianos e veganos que passam por produção orgânica, o que também os certifica como alimentos orgânicos. No entanto, é errado afirmar que todo produto orgânico é vegetariano ou vegano.

Na PFzinho você encontra diversos alimentos orgânicos, veganos e vegetarianos. Marmitas e outros pratos feitos com amor para cuidar da saúde do seu filho e do meio ambiente!

Benefícios do alimento orgânico

A saúde dos nossos filhos está diretamente relacionada com os alimentos que estão sendo consumidos. Os alimentos orgânicos são cultivados da maneira mais natural, deixando-o mais rico em nutrientes.

Atualmente, a busca por alimentos orgânicos tem aumentado consideravelmente. Isso porque a sociedade tem criado a consciência da importância da alimentação para a saúde, qualidade de vida e bem estar.

Confira abaixo os benefícios do alimento orgânico.
Confira abaixo os benefícios do alimento orgânico.

Estudos recentes comprovam que uma alimentação balanceada e rica em nutrientes traz inúmeros benefícios ao corpo, como:

  • Ausência de agrotóxicos:

Nenhum pesticida sintético é utilizado na agricultura orgânica. Isso torna o alimento orgânico mais saudável.

  • Melhoria da vida no campo:

A agricultura orgânica contribui para a melhora das condições de vida das comunidades rurais. Devido ao fato dos cultivos orgânicos necessitarem de mais mão de obra, acabam gerando mais emprego e renda.

  • Conservação do solo:

A agricultura orgânica contempla a conservação da fertilidade do solo, com a rotação de culturas e adubação verde. Um dos princípios é retirar o mínimo possível do solo, já que ele é considerado um organismo vivo.

  • Redução de poluição ambiental:

Ao contrário da agricultura convencional, a orgânica não trabalha com produtos químicos, não dificulta a fixação de nitrogênio pelos microrganismos que habitam o solo, deixando-o mais rico. 

  • Promoção da biodiversidade

A conservação do solo e a ausência de agrotóxicos ajudam na preservação de pássaros, insetos e tantos outros animais da região onde o alimento orgânico está sendo desenvolvido.

Agricultura convencional: pontos negativos

Apesar da agricultura em larga escala facilitar uma maior produção, o uso de agrotóxicos influencia diretamente na qualidade dos alimentos e na saúde daqueles que consomem e daqueles que o produzem.

Além disso, esses produtos químicos causam impacto considerável no solo, água, vegetação e animais locais. A estimativa é de que o Brasil use cerca de 500 mil toneladas de agrotóxicos por ano para combater insetos, fungos e ervas daninhas nas lavouras. Muita coisa, não?

Isso tudo só evidencia ainda mais a importância de consumir o alimento orgânico e estimular uma sociedade preocupada e consciente. É mais saúde, bem-estar e sustentabilidade para todos!

Mais conteúdos sobre alimentação saudável:

Dicas de leitura:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades, dicas e promoções!

Open chat