OBESIDADE INFANTIL: CAUSAS E PREVENÇÕES

Com mais de 2 milhões de casos por ano, podemos dizer que a obesidade infantil é um quadro muito comum no Brasil e a partir de uma pesquisa feita pelo IBGE, em nosso país, uma em cada três crianças pesa mais que o recomendado para sua idade e altura. A obesidade infantil está presente tanto nos países desenvolvidos como nos países subdesenvolvidos e é tão comum nesses quanto a desnutrição infantil.

As variações de IMC (índice de massa corporal) das crianças são bem maiores que a dos adultos, por se tratar de uma fase de desenvolvimento, por isso, pode-se dizer que além de peso e altura, o gênero e a faixa etária também impactam no resultado final.

Causas da Obesidade Infantil

Muitos papais e mamães não se atentam às refeições e acabam interpretando uma condição de má alimentação com a necessidade de comer mais. O que pode gerar um descuido na quantidade e também na seleção dos ingredientes. Esse é um dos fatores da obesidade. Porém diversos outros podem também influenciar a condição, como os fatores genéticos e o sedentarismo. Além disso, ainda podemos estender as causas para condições médicas, como por exemplo a necessidade de medicamentos a base de corticoide ou disfunções hormonais.

Apesar da genética ser também um fator, isso não quer dizer que papais e mamães que possuem o quadro gerarão crianças obesas, como também não é regra que papais e mamães com o peso recomendado também terão filhos  com o peso recomendado. A variação acontece justamente por que a falta de hábitos alimentares saudáveis e exercícios físicos também podem dar vazão ao quadro.

Obesidade Infantil: Fatores de Risco

É importante se atentar às refeições. Encher a criança de fast foods, alimentos industrializados, refrigerantes, doces e frituras só irá providenciar a obesidade. Além disso, se a criança aliar os maus hábitos alimentares com o sedentarismo, o risco é ainda maior de desenvolver a obesidade, já que a prática da atividade física promove a queima de calorias e nesse caso não haveria nenhuma queima, apenas ingestão. 

Crianças agitadas ou estressadas podem adquirir um quadro de compulsão alimentar, o que acaba ocasionando um sobrepeso ou até a própria obesidade se não houver uma atenção maior.
Histórico familiar de obesidade também pode ser um gatilho, visto que, além da influência genética, os maus hábitos alimentares podem ser passados de pai para filho. Por isso é importante frisar como o exemplo é fundamental nessa fase de formação de hábitos.

Tratamento para Obesidade Infantil

A verdade é que não existe um tratamento específico para a obesidade infantil, já que os casos possuem muitas particularidades. Porém em todos eles, a alternativa é sempre iniciar uma mudança no estilo de vida. De acordo com a idade e o grau de sobrepeso ou obesidade determinado pelo IMC, é proposto mudanças no cardápio alimentar e a iniciação da prática de exercícios físicos. Isso claro, com acompanhamento de um pediatra e nutricionista.

Vale ressaltar que os hábitos praticados durante as refeições devem ser extremamente consolidados em se atentar ao que se está fazendo naquele momento, no caso: comer. Se alimentar de frente com a televisão, mexendo em aparelhos celulares ou jogando vídeo game só irá distrair a criança, fazendo com que ela coma além do necessário por não estar prestando atenção na quantidade que ingere.

Mudança na alimentação infantil

É universal que a mudança na alimentação é o ponto mais importante na prevenção e no tratamento da obesidade infantil. Isso por que crianças geralmente não praticam atividades físicas de alta intensidade para queimar calorias. Nesse caso, cabe aos papais e mamães decidir e elaborar um cardápio diversificado e ao mesmo tempo saudável para que a criança sinta-se atraída pelo alimento. Investir em frutas, legumes e vegetais será sempre uma boa opção. A substituição de alimentos industrializados por alimentos naturais e orgânicos também. E não se esqueçam de evitar os fast-foods. Para lanches na escola, evitar colocar na lancheira bolachas, salgadinhos e afins. Aqui no Blog PFzinho temos um post inteirinho sobre “o que colocar na lancheira do meu filhocom dicas incríveis de lanches saudáveis.

Os alimentos saudáveis do PFzinho

Não podemos esquecer que além de orgânicos, os alimentos do PFzinho são saudáveis e perfeitos para essa mudança de hábitos alimentares na busca pela prevenção e tratamento contra a obesidade infantil. Possuímos um cardápio extremamente variado que vai desde pratos feitos até sobremesas deliciosas e naturais. Todos os pratos são elaborados com amor e carinho, e igualmente preocupados com a saúde alimentar que os papais e mamães tem com seus pequenos. Confira na loja oficial do PFzinho as opções disponíveis e faça a festa comendo com a segurança de uma boa alimentação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat