Ortopedista Pediátrico: quando levar o seu filho?

Ortopedista pediátrico: quando levar o seu filho?

Quando falamos de saúde, o seu filho não deve ser tratado como um adulto miniatura. Ele está no meio de seu processo de desenvolvimento, por isso, é bastante comum que as lesões e infecções sejam diferentes das pessoas adultas. Siga a leitura no Blog PFzinho e saiba o que é um ortopedista pediátrico e quando levar o seu filho.

Siga a leitura no Blog PFzinho e saiba quando seu filho deve passar por um ortopedista pediátrico.
Siga a leitura no Blog PFzinho e saiba quando seu filho deve passar por um ortopedista pediátrico.

O que é um ortopedista pediátrico?

O ortopedista pediátrico é um médico especializado tanto em pediatria, quanto ortopedia. Ele é responsável por avaliar e tratar as doenças e traumas do sistema músculo-esquelético. 

O seu trabalho é feito principalmente em recém nascidos, crianças e adolescentes. O treinamento especializado é de grande auxílio no tratamento ortopédico. Na fase infantil da vida, os ossos da criança estão em constante desenvolvimento e crescimento, fazendo o ortopedista pediátrico ser mais que necessário.

Quando levar meu filho ao ortopedista pediátrico?

Geralmente, os pais levam as crianças ao ortopedista pediátrico por conta de alguma irregularidade detectada.

É frequente a percepção de alterações e desvios ortopédicos a partir do momento em que  as crianças começam a andar. Preste atenção em: 

  • Pés chatos (pé plano); 
  • arqueamento das pernas (Genu valgo ou varo);
  • e pés virados para dentro (Intoeing).

Esses são apenas alguns exemplos de queixas comuns.

Durante a consulta, o ortopedista pediátrico poderá realizar todos os exames físicos necessários para cada caso avaliado. Existem situações em que também são solicitados exames de imagem.

Boa parte dos problemas ortopédicos das crianças são variações do crescimento fisiológico que, na maioria das vezes, se resolverá com o tempo. Entretanto, a consulta com o especialista ajuda a diferenciar esses casos daqueles que realmente necessitam de investigação e tratamentos específicos.

Quais os principais problemas tratados pela ortopedia pediátrica?

As doenças ortopédicas que atingem crianças são diferentes. Com o esqueleto ainda em desenvolvimento, cada idade apresenta particularidades e vulnerabilidades. 

As fraturas não são iguais. Os ossos das crianças quebram de maneira diferente e, em alguns casos, a fratura pode atingir a região de crescimento do osso. Quando isso ocorre, podem até ocorrer deformidades. 

Logo, os tratamentos exigem abordagens diferentes e conhecimentos específicos que são necessários ao ortopedista pediátrico. Abaixo, listamos alguns dos principais tipos de condições e lesões mais comuns que levam pais a marcarem uma consulta médica:

  • Displasia do quadril
  • Pé Torto Congênito
  • Síndrome de Osgood Schlatter
  • Dor de crescimento
  • Pé chato
Monitore a saúde do seu filho com o Blog PFzinho!
Monitore a saúde do seu filho com o Blog PFzinho!

Mais conteúdos sobre saúde infantil:

Dicas de leitura:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades, dicas e promoções!

Open chat