Reciclagem no Brasil: panorama e números

Reciclagem no Brasil

Um dos principais desafios ambientais é a grande quantidade de resíduos gerados pela população. Em paralelo a isso, temos um grave problema: falta de reaproveitamento dos descartes, a reciclagem. Siga a leitura no Blog PFzinho e veja qual o atual panorama e números da reciclagem no Brasil.

De olho na saúde do meio ambiente, a atenção com os resíduos precisou ser redobrada. Com o passar dos anos, os resíduos passaram a ter diversas características: eletrônicos, industriais, radioativos, químicos, entre outros. A variedade tornou desafiadora a questão de criar um processo de descarte adequado.

Por isso, o movimento ambientalista se dedicou a reforçar o processo da reciclagem. A ideia de reciclar materiais nasceu como uma medida sensata para o nosso futuro.

Veja o atual panorama da reciclagem no Brasil.

Qual o atual panorama da reciclagem no Brasil?

O panorama atual da reciclagem no Brasil não é inspirador. Apenas algumas cidades possuem serviços próprios de coleta seletiva. Para compensar, catadores de itens recicláveis tentam suprir essa demanda, o que os torna peças fundamentais para aumentar a porcentagem de reciclagem no Brasil.

Infelizmente, essas poucas cidades com serviços e os catadores ainda não são suficientes para dar um destino correto aos resíduos. Por isso, é importante que comecemos a ensinar as futuras gerações sobre a importância da reciclagem e como ela pode transformar o mundo.

Segundo dados da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), cerca de 30% de todo o lixo colhido no Brasil têm potencial de reciclagem. No entanto, apenas 3% acaba sendo reaproveitado e reciclado.

Por ano, são gerados aproximadamente 80 milhões de toneladas de lixo, mas apenas 4% são reciclados. Com isso, o Brasil perde R$14 bilhões por ano com a falta de reciclagem adequada. Consegue entender a relevância que o simples ato de reciclar pode ter em nossa sociedade?

Principais números da reciclagem no Brasil:

Agora que você já sabe o impacto que esses resíduos causam no meio ambiente e em nossa economia, vamos ver alguns números. Dentre os principais tipos de lixo, o plástico apresenta a maior dificuldade da reciclagem devido ao baixo valor agregado e a quantidade necessária para gerar algum lucro. Porém, de acordo com dados do Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana (Selurb), se todo o plástico descartado fosse reciclado, poderíamos retornar cerca de R$5,7 bilhões para a economia. Dos diversos tipos de plásticos produzidos, o PET, aquela famosa garrafinha, por exemplo, é o que apresenta o maior índice de reciclagem no Brasil. O número chega a 51% do total produzido. 

Outro material que podemos descartar e tratar é o vidro. Apesar de ser 100% reciclável, os dados sobre reciclagem de vidro no país variam entre 45% a 49% de índice de reciclagem. O baixo custo de produção a partir da matéria-prima somado ao baixo valor agregado deste produto para os catadores e cooperativas de reciclagem, tornam o vidro um material que não proporciona o retorno financeiro esperado.

Percebeu quanto dinheiro está envolvido? Imagine esses valores injetados em nosso dia a dia, no futuro educacional e profissional de nossos filhos. É importante ressaltar que não são muitos os brasileiros contemplados por programas de coleta seletiva. O número estimado é de 22 milhões, cerca de 18% da população.

É inegável que existe uma barreira econômica e cultural clara para que a reciclagem no Brasil seja mais eficiente. Além de mais políticas públicas que favoreçam a prática, são necessários incentivos para que a população se conscientize e entenda qual a importância da reciclagem. Imagine um país onde cada habitante assumisse a responsabilidade pela reciclagem de seus lixos. Você consegue imaginar os benefícios que isso traria à natureza e ao país como um todo?

Conheça os principais benefícios da reciclagem no Blog PFzinho.

Quais são os benefícios da reciclagem?

Para entender os benefícios da reciclagem é preciso observar os efeitos dela quando praticada da maneira correta e em grande escala. Precisamos mostrar os grandes resultados para incentivar as pequenas atitudes. Dessa forma, veja a seguir as principais vantagens que a reciclagem no Brasil pode trazer:

Controle da poluição

Quando conseguimos controlar e ter os cuidados necessários com o lixo produzido, a quantidade dele que vai parar em aterros sanitários diminui consideravelmente. Isso influencia diversas questões de saúde pública, pois quanto menos lixo nos aterros, menor o risco de contaminação de solos e rios.

Entendeu a importância da reciclagem em nossas vidas?

Maior economia de energia

O custo energético para o processo da reciclagem no Brasil é consideravelmente menor. É mais barato fazer um produto novo a partir de matéria reciclada do que de matéria prima virgem. Quando falamos de produção industrial,  esse tipo de processo pode acarretar em uma redução de poluição do ar também. Se a indústria gasta menos energia, menos tempo e menos recursos, emite menos substâncias poluentes na atmosfera.

Geração de empregos e renda

As cooperativas de reciclagem são importantes fatores para manter o processo de reutilização nos centros urbanos funcionando e atuante. Contudo, essas empresas se mantêm ativas graças a demanda de reciclagem que as grandes cidades possuem. Com a formalização desse tipo de trabalho, é possível que muitos empregos sejam formalizados e a condição de vida de milhares de brasileiros seja melhorada hoje e no futuro.

Mais conteúdos sobre meio-ambiente:

Dicas de leitura:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades, dicas e promoções!

Open chat